Blog

2019-04-11-qual-e-afaculdade-mais-antiga-em-funcionamento-no-brasil

Você já se perguntou quando a educação superior no Brasil entrou em vigor? Qual foi a primeira universidade e qual o primeiro curso? Para descobrir essas e outras informações, leia este post. Siga acompanhando!

A implantação da primeira faculdade no Brasil

Antes do Príncipe Regente D. João VI e sua família virem para Brasil, no início do século XIX, era proibida a prática do ensino superior no país. Por isso, aqueles que almejavam ampliar seus conhecimentos e possuíam condições financeiras precisavam deslocar-se para a Europa para continuar os estudos.

Quando o rei aqui chegou à Bahia, em janeiro de 1808, mudou tal situação. Embora tenha permanecido nesse estado por um curto período de tempo, fundou no mesmo ano a Escola de Cirurgia da Bahia. Oito dias depois viajou para o Rio de Janeiro, local onde se estabeleceu pelo restante do tempo que viveu no Brasil.

A fundação da instituição constitui-se em um importante marco histórico. Duas conquistas foram obtidas: o início do ensino superior e a implantação de um curso de Medicina. Assim, o processo de abertura das práticas de ensino e científicas, bem como a disseminação da cultura nacional, foi iniciado.

Atores sociais envolvidos no processo de implantação da faculdade

Para a fundação da Escola de Cirurgia da Bahia o rei contou com o apoio de um médico, o cirurgião Real da Câmara, que veio com ele de Portugal: o Dr. José Correia Picanço. Este era professor de anatomia na Universidade de Coimbra e possuía os conhecimentos necessários para atuar no processo de implantação da instituição no Brasil.

As aulas começaram a ser ministradas por dois professores. Um deles era o português José Soares de Castro. O outro era o brasileiro, nativo do estado da Bahia, Manoel Jozé Estrella. Ambos os médicos formados pelo Colégio São José, de Lisboa.

Os diversos nomes da faculdade ao longo dos anos

Durante mais de um século a instituição teve seu nome alterado algumas vezes como podemos verificar a seguir:

  • 1808: Escola de Cirurgia da Bahia;
  • 1813: Academia Médica-Cirúrgica;
  • 1832: Faculdade de Medicina da Bahia;
  • 1891: Faculdade de Medicina, Farmácia e Odontologia;
  • 1946: Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia.

Algumas curiosidades vinculadas à instituição

A seguir listamos alguns pontos que se destacam na história da Faculdade de Cirurgia da Bahia.

Uma conquista para as mulheres

Ao longo dos anos a faculdade desenvolveu-se e proporcionou a formação de diversos profissionais. Dentre eles destaca-se a primeira médica: a Dra. Rita Lobato Vello Lopes, natural do estado do Rio Grande do Sul.

A formação dela é considerada um marco histórico para o ensino superior, pois na época (1887), a titulação de uma mulher no âmbito da medicina era verdadeira conquista social.

O incêndio e a transferência para outro local

O primeiro local a abrigar a ainda Escola de Cirurgia da Bahia foi o Hospital Real Militar, dentro do Colégio dos Jesuítas. Ela permaneceu no mesmo prédio por quase um século.

Apenas em 1905, em decorrência de um incêndio, que destruiu grande parte da estrutura do edifício, é que novo projeto foi realizado visando a transferência para novo endereço. A partir de 1946 a faculdade fixou-se integralmente para o mesmo local da Universidade Federal da Bahia.

Como podemos perceber, a atual Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia tem uma grande relevância para o desenvolvimento do ensino superior em nosso país. E você, o que achou dessa história? Conte para a gente nos comentários!

Deixe seu Comentário!

*Seu e-mail não será divulgado.